Plantações Florestais

Este é o único sistema florestal que foi singularizado, devido à importância que atualmente possui em minha pesquisa. Em resumo, pode-se dizer que, juntamente com a ajuda de outros pesquisadores da ECSEN e de outros países (particularmente o Prof. Luiz C. Estraviz Rodríguez, da ESALQ, São Paulo, Brasil), aplicamos ferramentas de programação matemática e análise econômica para propor modelos de manejo nesses plantios florestais. Seguem algumas publicações, não repetindo as que têm a ver com a sustentabilidade, que já foram analisadas na linha de pesquisa correspondente: 

7a) Aspectos Teóricos

Borges J.G, Diaz-Balteiro L., McDill M.E., Rodriguez L.C.E. (Eds.) 2014. The Management of Industrial Forest Plantations. Theoretical Foundations and Applications. Springer.

Belavenutti, P.; Romero, C.; Diaz-Balteiro, L., 2018 A critical survey of optimization methods in industrial forest plantations management. Scientia Agricola (in press).

 

7b) Plantios Florestais na Espanha   

Diaz-Balteiro L., 2007. Letter to the EditorJournal of Forest Economics13: 291-292.

Diaz-Balteiro L., Bertomeu M., Bertomeu M., 2009. Optimal harvest scheduling in Eucalyptus plantations. A case study in Galicia (Spain)Forest Policy and Economics 11: 548-554.

Bertomeu, M., Diaz-Balteiro, L., Gimenez, J.C., 2009. Forest management optimisation in Eucalyptus plantations: A multicriteria approachCanadian Journal of Forest Research 39: 356-366.

Diaz-Balteiro, L.; García de Jalón, S., 2017 Certifying forests to achieve sustainability in industrial plantations: Opinions of stakeholders in SpainForests 8, 502. 

 

7c) Plantios Florestais no Brasil

Diaz-Balteiro, L., Rodriguez, L.C.E., 2006. Optimal rotations on Eucalyptus plantations including carbon sequestration - a comparison of results in Brazil and SpainForest Ecology and Management 229: 247-258.

Rodriguez L.C.E., Diaz-Balteiro L., 2006. Régimen óptimo para plantaciones de eucaliptos en Brasil: un análisis no deterministaInterciencia 31: 739-744.

 

Atualmente, o trabalho está sendo feito na realização de vários modelos de manejo, estrategicos e táticos nas plantações brasileiras. Esses modelos serão integrados nas respectivas teses de doutorado de Silvana Ribeiro Nobre e Pedro Belavenutti, atualmente colegas predoctorais da ECSEN. Também estou colaborando com outros pesquisadores da Espanha (Silvestre García de Jalón), EUA (Prof. F. Cubbage) e Uruguai (Prof. Adriana Bussoni) em vários trabalhos relacionados com plantios florestais